Na edição de março da Revista Atual JB, contamos a história de uma bonifaciana que já morou em quatro países e relata suas aventuras pelo mundo.

A reportagem saiu na página “O mundo segundo os bonifacianos”, devido ao espaço, não coube um trecho interessantíssimo e consideramos que vocês poderiam gostar de ler. Por isso, segue agora o restante da reportagem .

Fabiana Cristina Ferreira Robertson é natural de José Bonifácio, já morou na Inglaterra, Escócia, Portugal e Indonésia. Confira suas experiências pelo mundo:

“Conheci lugares incríveis na Ásia, Europa, Indico, Passifico e Oceania.

China, estive em Beijing, visitei as incríveis e milenares Muralhas da China, Beijing tem templos e jardins maravilhosos, fui a Cidade Proibida, Templo do Céu e a Praça Tiananmen, onde houve um massacre que vitimou milhares de pessoas que protestavam contra o imperador, em 1989, muita gente deve se lembrar do homem que se pôs na frente dos tanques de combate em manifesto. Cidade cheia de história.

Hong Kong é um país minúsculo no sul da China, uma ilha com economia forte.  A cidade possui o melhor serviço de transportes do mundo e arquitetura moderna. Hong Kong é maravilhoso.

Vietnam, a terra do líder Ho Chi Minh, estive em Hanói, a capital e fiz um cruzeiro em Ha Long Bay (patrimônio da UNESCO), visitei o Museu da Guerra e me senti dentro de um filme.

Tailandia, na capital Bangkok e também no norte  a cultura de religião é budista, com belos templos no norte, tive a oportunidade de visitar uma tribo que ainda permanece na divisa com Myanmar, são conhecidas como as mulheres girafas, que usam anéis para alongar o pescoço. Passamos por Laos num circuito chamado Triângulo Dourado. Gosto dessa cultura de comida de rua, todo mundo come nas feiras diurnas e noturnas, gosto muito da comida asiática, apenas as exóticas não aprecio.

Malásia, um país lindo e bem estruturado, com várias culturas e uma mistura de Malasios e Indianos. É um país muçulmano, mas, são abertos e respeitam outras religiões como o hinduísmo e até budismo, devido a grande colonia de chineses. Hinduísmo é a segunda maior religião devido aos indianos que ali vivem, Kulalumpur a capital e maravilhosa era a minha favorita, até conhecer Singapura.

Singapura é um país minúsculo ao sul da Malásia, na verdade mais um estado. Economia forte, lugar onde se tem mais milionários por metro quadrado no mundo, um dos passaportes mais cobiçados no momento, um paraíso fiscal. Passou de um país pobre a um país rico. É lindo e limpo, não vendem chicletes para não sujar as pedras das ruas. Tem um jardim tropical que é um sonho, hotéis de luxo como o Famoso Marina Bay Sands. O aeroporto com uma cascata gigante no meio e com certeza o mais bonito e confortável que já vi. Comida maravilhosa, uma mistura de malaio, indiano e chinês.

Indonesia, estive em algumas ilhas como Sumatra, Jakarta capital, nunca mais reclamo do trânsito de São Paulo depois de conhecer Jakarta. Morei em Bali, o paraíso dos surfistas, Sumbawa, Sumba, Nusa Lembongam e Penida, verdadeiros paraísos e finalmente Mentawai, a famosa no mundo todo pelas ondas, é o sonho de muito surfista surfar essas ondas, e a minha filha Alicia pegou ondas. Poderia escrever um livro de aventuras na minha estadia na Indonesia.

Dubai, o sonho de muita gente, eu gostei fiquei no Famoso hotel Atlants na Ilha Palmeira com aquários gigantes, golfinho e um lindo aquapark. Fui a famosa torre Khalifa a mais alta do mundo, muita riqueza no meio do deserto, encantadora . No dia que cheguei estava tendo uma tempestade de areia, não se via muita coisa, depois passou. É muito quente e eu gosto de áreas verdes.

Ilhas Maldivas, foi um sonho realizado, não imaginava que um dia iria as Maldivas, ficamos em 2 ilhas, uma com ondas e prática de surf e uma com águas calmas para mergulho. Só não curti ter que pegar um avião pequeno que pousa na água para chegar em uma das ilhas.

Nova Zelandia, oceania, formado por duas ilhas, um país lindo e com uma flora subtropical, musgos e samambaias, árvores gigantes milenares como a Kauri, praias fantásticas. O país tem um controle grande nos aeroportos, não pode entrar com plantas ou sementes, pois, eles têm uma flora muito particular e tem medo que tragam pragas que possa destruir sua flora, olham seus sapatos e te aplicam uma multa se desobedecer.

Ilhas Fiji, outro paraíso no Pacífico. Visitamos duas ilhas, uma onde acontece campeonatos de surf, Tavarua tem o formato de um coração e Navini, uma pequenina que em menos de 20 minutos dá a volta nela, um santuário de corais. Natureza exuberante. Um povo feliz e amigo. Ali foi gravado o filme Lagoa Azul.

Como tenho uma paixão pela Ásia, Pacífico, Índico, deixo um gostinho de cada lugar. Na Europa estive na Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte, Pais de Gales, Portugal onde morei e visitei vários pontos, Belgica, França, Holanda e Espanha.

Não conheço muito da Europa, vamos muito a Ásia nas férias, em especial Indonesia e Malásia. Estou de viagem marcada na Páscoa para a Grécia, porém,  com essa pandemia do coronavírus, a viagem ficou incerta”.

Like
1